quarta-feira, 9 de agosto de 2017

VOTO DE PESAR PELO DR. LEOPOLDO MOURA



Faleceu, em Fortaleza-CE, o Dr. Leopoldo Farias Moura.
A Academia Cearense de Medicina envia aos seus amigos, colegas e familiares os votos de condolências.

LEOPOLDO FARIAS DE MOURA

Leopoldo Farias de Moura, filho de Elvécio Moura e Francisca Farias Moura, nasceu no dia 24 de junho de 1929, em Nova Russas. Fez o curso primário, em Sobral, e o ginasial e científico nos Colégios Cearense Sagrado Coração e São João, em Fortaleza. Em 1962, graduou-se em Medicina pela UFC. Bacharelou-se, também, em Geografia e História pela Faculdade Católica de Filosofia do Ceará. Em 1971, recebeu diploma de especialista em Oftalmologia, pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia e AMB. Coordenou a disciplina de Oftalmologia e a Residência Médica de Oftalmologia do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) da UFC. Chefiou, durante largos anos, o Serviço de Oftalmologia do HUWC.

Acumulou diversos títulos: Membro Titular do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, do Instituto Barraquer, de Barcelona, e da Associação Pan-Americana de Oftalmologia; Sócio Titular da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e Sócio Fundador da Sociedade de Oftalmologia do Ceará, no qual teve papel relevante como Vice-Presidente e secretário, em duas gestões.

Em 1973, foi co-relator do tema oficial do XVII Congresso Brasileiro de Oftalmologia. Em 2009, foi Presidente de Honra do XXXIV Congresso da Sociedade Brasileira de Retinas e Vítreos. A Sociedade de Oftalmologia do Ceará o agraciou com o Título de Sócio Emérito e o Conselho Regional de Medicina do Ceará, com a medalha de Honra ao Mérito Profissional.

Professor de inúmeras gerações de médicos da UFC, Leopoldo Moura foi homenageado pelos concludentes de onze turmas e paraninfo da 56ª. É lembrado pela competência e simplicidade. Leopoldo Moura deixa sua esposa, Iêda Castelo Moura, dois filhos (o comerciante Eugênio e o médico neuro-oftalmologista Frederico), e  três netos.


* Texto retirado e adaptado do discurso de posse de ana Margarida Arruda Rosemberg, na Academia Cearense de Medicina, em 14/11/2014



quinta-feira, 27 de julho de 2017

VOTO DE PESAR PELO DR. PAULO CARNEIRO

Dr. Paulo Carneiro.  Comunicamos que foi aprovado ontem, 26/07/2017, durante a reunião da Academia Cearense de Medicina, pelo presidente Dr. Manassés Fonteles, um voto de pesar pelo Dr. Paulo Carneiro

Transcrito do blog da Sobrames-CE
POR: 
Marcelo Gurgel Carlos da Silva



Faleceu o Prof. Dr. PAULO CESAR ALVES CARNEIRO, médico, filósofo e professor, desfecho acontecido em 18/06/2017, no Rio de Janeiro-RJ, cidade que o acolheu como residente, desde 1978, e onde exerceu o seu mister profissional.
 
Paulo Carneiro, quando acadêmico, participou da representação estudantil nos órgãos colegiados do Centro de Ciências da Saúde, da Universidade Federal do Ceará (UFC), e exerceu a monitoria de Anatomia e de Medicina Social, ao tempo em que cursou Medicina.

Paulo Cesar Alves Carneiro, nascido em Tabuleiro do Norte, no Ceará, em 1955, era médico graduado na UFC, mas fez carreira acadêmica e profissional no Rio de Janeiro, onde constituiu sua família, sendo pai da advogada Érica Carneiro.

Paulo fez sua pós-graduação no Rio, tendo realizado residência médica, especialização, mestrado e doutorado, tornando-se um exemplo singular de ser detentor de três diplomas de livre-docência.

Sua atuação na docência superior foi exercida na Universidade Federal do Rio de Janeiro, e na vida profissional, como médico do serviço público federal, foi lotado no Hospital de Bonsucesso, do Rio de Janeiro.

Paulo Carneiro era membro titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões – TCBC e da Sociedade Brasileira de Mastologia, entidades médicas de grande reconhecimento em suas respectivas especialidades.

Pertencia às seguintes academias na qualidade de membro titular: Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro – ACAMERJ (antiga Academia Fluminense de Medicina); Academia Brasileira de Médicos Escritores – ABRAMES; Academia Brasileira de Medicina Militar – ABMM e Academia Cearense de Ciências Letras e Artes do Rio de Janeiro – ACCLARJ.

Detentor de farta produção científica, também publicou três livros, sendo um como cultor da retórica e dois como memorialista e biógrafo.

Notas de pesar, por sua prematura morte, foram divulgadas pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões e pela ACAMERJ.

A Sobrames/CE, por deliberação aprovada de forma unânime em sua reunião de 10/07/2017, associa-se às demais entidades nessa manifestação de luto por essa perda.


                                                                                                                                 

sexta-feira, 14 de julho de 2017

REUNIÃO DA ACM - 12.07.2017

Realizou-se quarta-feira, 12/07/2017, às 15h, em Fortaleza-CE, na sede da Academia Cearense de Medicina (ACM) mais uma reunião ordinária da ACM, presidida pelo Acad. Manassés Claudino Fonteles (presidente da ACM).

O conferencista do dia, Dr. Glauber Paiva, nos brindou com uma singular conferência intitulada: O idoso no trabalho


 


























 

quarta-feira, 14 de junho de 2017

REUNIÃO DA ACM - 14.06.2017

Realizou-se hoje, 14/06/2017, às 15h, em Fortaleza-CE, na sede da Academia Cearense de Medicina (ACM) mais uma reunião ordinária da ACM, presidida pelo Acad. Manassés Claudino Fonteles (presidente da ACM).

O conferencista do dia, Acad. Manassés Claudino Fonteles, nos brindou com uma brilhante conferência intitulada: UROGUANYLIN: FROM THE BENCH TO BE BEDSIDE - Guanilinas: Da Investigação à Prática Clínica